Acesse o novo WebMail Fetrafi-RS
WebMail Fetrafi-RS
   Início        A Fetrafi-RS         Diretoria         Estrutura         Sindicatos         Sistemas Fetrafi-RS    
Porto Alegre, 23\09\2019
Últimas Notícias
Audiência Pública na Assembleia Legislativa critica venda de ações do Banrisul
Compartilhe esta notícia no Twetter
Envie esta notícia por E-Mail
Bancos | 04/09/2019 | 16:09:39
Audiência Pública na Assembleia Legislativa critica venda de ações do Banrisul
Debate contou com representantes da categoria bancária, mas nenhum membro do governo
 
 
Os diretores da Fetrafi-RS Denise Falkenberg Correa e Fabio Soares Alves participaram de audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira, 4 de setembro, para discutir a venda de ações do Banrisul. Apesar de terem motivos e objetivos diferentes, tanto os representantes da categoria bancária quanto os especialistas do mercado de capitais manifestaram-se contra a nova venda de ações do banco estadual, anunciada recentemente pelo governador Eduardo Leite.

Sindicatos do estado enviaram representantes para a audiência, que foi proposta na Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo pelos deputados Sebastião Mello (MDB) e Fábio Ostermann (Novo). Convidado da mesa, o presidente do SindBancários Porto Alegre e Região, Everton Gimenes, destacou o papel social e fundamental do Banrisul, que chega em municípios do interior onde não há nenhuma outra agência. 

Além disso, lamentou a ausência de representantes do governo estadual e da direção do Banco. "O governo e a direção do banco fogem do debate. Quero lembrar que estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro, que cumpriram a cartilha neoliberal e venderam seus respectivos bancos públicos, hoje estão falidos e não têm como utilizar estas instituições como instrumentos de crédito e desenvolvimento. Aqui no caso do RS, o Banrisul ajuda diretamente o governo, pois gera cerca de R$ 150 milhões em dividendos ao estado por ano”. Ele também lembrou que a ex-governadora Yeda Crusius vendeu ações do banco afirmando que iria fortalecer o Fundo de Previdência do Estado, mas botou todo o dinheiro no caixa único do governo, sem solucionar nada.

Venda de lotes de ações


Já o ex-presidente do banco Mateus Bandeira e a sócia da Zenith Management, Débora Morsch, representando o mercado de capitais, foram contrários ao tipo de comercialização de "fatias” do banco, que a administração estadual anterior realizou e a atual já anunciou. "A cada leilão, o Banrisul fica menor, o que é uma perda para o próprio banco e para o estado”, afirmou Bandeira."É preciso interromper este processo de dilapidação do patrimônio público.” No entanto, é favorável a venda total do banco, deixando o desenvolvimento do estado por conta das iniciativas do mercado. 

A convidada Débora Morsch, da Zenith, favorável a privatização, focou sua intervenção no formato de redução do banco através de leilões de ações: "Estamos falando na comercialização de 25 milhões de ações. Leite quer vender metade das ações do banco, mas com isso vai conseguir pagar apenas uma folha de pagamento do funcionalismo”, disse. E fez questão de destacar: "Todas as vendas de bancos no Brasil tiveram valores muito maiores do que as vendas através de lotes de ações”.

O deputado Zé Nunes (PT), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, lamentou a ausência do governador ao debate e recordou que o Banrisul tem quase 3 milhões de correntistas. "Alguém acredita que o Rio Grande do Sul vai resolver algum de seus problemas se vender o Banrisul?”, indagou. O deputado disse que Leite até o momento não atraiu qualquer empresa nem mostrou um plano viável de desenvolvimento para o estado, ao contrário de outros estados do país. E finalizou: "Nosso banco é fundamental e precisa continuar forte para ser competitivo, para bem do estado”.

Sugestões finais

Ao final da audiência pública na Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, o deputado Sebastião Mello fez três sugestões de encaminhamento, a partir do debate: 1. solicitar ao Tribunal de Contas/RS que acompanhe o processo de venda de ações do Banrisul; 2. encaminhar todo o debate para o Tribunal de Justiça do Estado; convocar o presidente do banco, Claudio Coutinho, para ser ouvido na Comissão da Assembleia Legislativa do Estado.

Fonte: SindBancários Porto Alegre e Região, com edição da Fetrafi-RS
Foto: Sindicato dos Bancários do Vale do Paranhana
 
 
Conteúdo    
 
 
 
Bancos | 19/09/2019
Governo Leite cancela venda de ações do Banrisul
Mercado sinalizou que ao invés de obter um valor de aproximadamente R$ 23,00 por cada ação, o governo ganharia apenas R$ 18,50
Bancos | 16/09/2019
Banrisulenses reafirmam defesa do Banrisul público em 27º Encontro Nacional
Campanha deverá alertar funcionários e a sociedade sobre riscos da privatização
 
 
  Serviços
Acordos e Convenções
Enquetes
Conquistas
Acesso Restrito Interno à Fetrafi-RS
Informativos da Fetrafi/RS
Minutas de Reivindicações
Notas Jurídicas
Ações Trabalhistas Fetrafi/RS
Moções aprovadas em eventos
 
 
Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras RS
Rua Cel. Fernando Machado nº 820
CEP 90010-320 - Bairro Centro Histórico - Porto Alegre, RS
Fone: (51) 3224-2000 | Fax (51) 3224-6706

Copyright © 2010 Fetrafi. Todos os direitos reservados.
 
Desenvolvimento IDEIAMAIS - Agregando Valor