Acesse o novo WebMail Fetrafi-RS
WebMail Fetrafi-RS
   Início        A Fetrafi-RS         Diretoria         Estrutura         Sindicatos         Sistemas Fetrafi-RS    
Porto Alegre, 17\11\2018
Últimas Notícias
Liberdade, democracia e direitos: o que a eleição de domingo tem a ver com os(as) bancários(as)
Compartilhe esta notícia no Twetter
Envie esta notícia por E-Mail
Eleições | 26/10/2018 | 18:10:30
Liberdade, democracia e direitos: o que a eleição de domingo tem a ver com os(as) bancários(as)
SindBancários divulga editorial sobre a eleição.
 
Nosso Sindicato sempre teve autonomia e independência em relação a patrões e governos. Nossa missão é defender os trabalhadores, que, organizados na luta sindical, avançam na conquista de seus direitos trabalhistas. Somos nós, trabalhadores, que atuamos na defesa consciente do patrimônio público dos brasileiros e da democracia.
Nossa categoria nunca se omitiu quando chamada a decidir. Gerações de bancários lutaram nas ruas pela democratização do País e pela liberdade de poder lutar. Nas décadas de 1980 e 1990, soubemos resistir ao avanço de um capitalismo selvagem, com o neoliberalismo avançando sobre a economia brasileira. O resultado disso: privatizações do patrimônio público, dos quais o BANESPA é exemplo de banco entregue. Milhares de bancários foram demitidos.

Nos bancos púbicos, essa política de ajustes e achatamento de salários submeteu os colegas a amargar oito anos sem reajuste.

A força da democratização das empresas públicas renovou a nossa capacidade de luta a partir dos anos 2000. Conquistamos direitos e fortalecemos a nossa unidade nacional. Mas essa retomada está em risco. Domingo será o dia divisor de águas para a democracia e para os nossos direitos. Será dia de defendermos a democracia para defendermos nosso direitos. Nós, bancários e bancárias, conquistamos mais direitos quando a democracia viceja e voa como um pássaro livre.

A famigerada reforma trabalhista, que passou a valer em novembro do ano passado, coloca em cheque direitos e conquistas forjadas nas históricas greves. Mesmo diante de ataques que deixaram em perigo até mesmo nossa Convenção Coletiva Nacional, soubemos avançar e resistir.

A reforma da previdência, que vai fazer a gente trabalhar até morrer, ainda não foi à votação, mas pode ir a qualquer momento e depende do resultado das urnas. E a nossa Convenção Coletiva de 2018 fechou com aumento real e manutenção de conquistas fundamentais.

O Sindicato não pode deixar de alertar a categoria sobre os riscos contidos no processo eleitoral, especialmente no segundo turno. Se, depois de 2016, vivenciamos os efeitos de um novo retrocesso nacional que impõe entrega de empresas públicas, política de arrocho e redução por 20 anos dos investimentos públicos, agora estamos diante de uma possibilidade de ampliação desses ataques que já são terríveis para a categoria.

Nosso objetivo neste momento não pode ser outro que não emprestar à decisão dos bancários de bancos públicos e privados esclarecimentos para tomar uma decisão que vai ter impacto em seu futuro e no futuro de seus filhos. Seja qual for o resultado das eleições, vamos ter que lutar muito para manter os nossos direitos, como sempre fizemos.

Porém temos a obrigação de dizer aos bancários que precisamos seguir unidos para preservar os empregos nos bancos públicos e privados. Nesta domingo tão decisivo, nossa tarefa também será pensar adiante: além de sermos implacáveis na defesa dos nossos direitos, vamos ter que atuar muito na proteção à democracia plena. Por isso a força do voto dos bancários precisa ir na direção de quem defende a paz, a prosperidade e a defesa dos direitos dos trabalhadores. Nossa história sempre nos colocou ao lado da justiça. Somos alvo da violência. Condenamos a sua prática. A saída para os nosso conflitos é o diálogo e a negociação. É assim que avançamos na democracia e nos nossos direitos.

Domingo, 28/10, é dia de eleições para presidente e governador. É dia também de celebrarmos a liberdade. Sem liberdade democrática, não há garantia de direitos!

Fonte: Imprensa SindBancários
 
 
Conteúdo    
 
 
 
Eleições | 08/11/2018
Deputados não reeleitos do RS que aprovaram reforma trabalhista perderam 45% dos votos
Levantamento foi feito pelo Diesse.
Eleições | 09/10/2018
'Segundo turno é vitória da classe trabalhadora', diz presidente da CUT
Nova rodada de votação vai permitir à população comparar projetos e propostas, e Bolsonaro terá que se expor ao debate.
 
 
  Serviços
Acordos e Convenções
Enquetes
Conquistas
Acesso Restrito Interno à Fetrafi-RS
Informativos da Fetrafi/RS
Minutas de Reivindicações
Notas Jurídicas
Ações Trabalhistas Fetrafi/RS
Moções aprovadas em eventos
 
 
Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras RS
Rua Cel. Fernando Machado nº 820
CEP 90010-320 - Bairro Centro Histórico - Porto Alegre, RS
Fone: (51) 3224-2000 | Fax (51) 3224-6706

Copyright © 2010 Fetrafi. Todos os direitos reservados.
 
Desenvolvimento IDEIAMAIS - Agregando Valor