Acesse o novo WebMail Fetrafi-RS
WebMail Fetrafi-RS
   Início        A Fetrafi-RS         Chat Jurídico         Diretoria         Estrutura         Sindicatos         Sistemas Fetrafi-RS    
Porto Alegre, 19\07\2018
Últimas Notícias
Lewandowski proíbe governo de privatizar estatais sem autorização do Congresso
Compartilhe esta notícia no Twetter
Envie esta notícia por E-Mail
Geral | 27/06/2018 | 14:06:42
Lewandowski proíbe governo de privatizar estatais sem autorização do Congresso
Ministro do STF deu uma decisão liminar (provisória) em uma ação que contesta privatizações sem aval do Legislativo. Atualmente, governo tenta aprovar no Congresso a privatização da Eletrobras.
 
 
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), proibiu o governo de privatizar empresas estatais sem prévia autorização do Congresso.
Numa decisão liminar (provisória), o ministro atendeu um pedido da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), esta última ligada à Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Na ação, as entidades questionavam a constitucionalidade de trechos de uma lei de 2016 que determina como os poderes executivos federal, estadual e municipal podem gerir as empresas públicas. Por isso, a liminar de Lewandowski também se aplica a empresas públicas da União, estados ou municípios.

O ministro considerou que, para cada estatal, deve haver uma lei específica, aprovada pelo Legislativo, para vender mais de 50% das ações à iniciativa privada. Para ele, cada estatal precisa de uma lei para ser criada e de outra para ser extinta.

Na decisão, Lewandowski cita uma tendência de desestatizações que podem, segundo ele, causar "prejuízos irreparáveis" ao país caso não sejam conduzidas de acordo com a Constituição.

"Há, com efeito, uma crescente vaga de desestatizações que vem tomando corpo em todos os níveis da Federação, a qual, se levada a efeito sem a estrita observância do que dispõe a Constituição, poderá trazer prejuízos irreparáveis ao país”, escreveu.

Lewandowski lembrou que a Constituição determina que alienações de bens públicos devem ser feitas mediante licitação que assegure "igualdade de condições a todos os concorrentes”.

A liminar, proferida de forma individual, ainda poderá ser revertida pelo plenário do STF, formado por 11 ministros, mas ainda não há previsão de quando isso possa ocorrer. A data do julgamento depende de decisão da presidente da Corte, Cármen Lúcia.

Lewandowski ainda escreveu que, quando a discussão for ao plenário, os ministros também deverão analisar se a lei que permite a privatização poderá ser aplicada também às empresas que prestam serviços públicos ou somente àquelas que exercem atividade econômica.

Privatização da Eletrobras

Um dos principais objetivos do governo Michel Temer para o último semestre deste mandato é aprovar no Congresso a privatização da Eletrobras e das subsidiárias da empresa.

O Palácio do Planalto enviou dois projetos para a Câmara. Um com regras para a privatização da Eletrobras e outro para a privatização das subsidiárias.

Com a privatização da Eletrobras, o governo pretende engordar o caixa do Tesouro Nacional em 2018. A previsão é que sejam arrecadados de R$ 12,2 bilhões com a privatização.

Pelo texto, a privatização se dará por meio do aumento do capital social da empresa, que oferecerá novas ações na bolsa e, com isso, a participação dos atuais acionistas será diluída.
 
Fonte: G1

 
 
Conteúdo    
 
 
 
Geral | 29/06/2018
Dinheiro público financia seminários a favor da reforma trabalhista
FETEC/PR solicitou informações para BB e Caixa sobre financiamento de seminários a favor da reforma trabalhista.
Geral | 26/06/2018
Leilão da Lotex fracassa e não recebe nenhuma proposta
O leilão da Lotex não teve interessados, segundo confirmou a Secretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loterias (Sefel) do ministério da Fazenda, responsável por organizar o certame.
 
 
  Serviços
Acordos e Convenções
Enquetes
Conquistas
Acesso Restrito Interno à Fetrafi-RS
Informativos da Fetrafi/RS
Minutas de Reivindicações
Notas Jurídicas
Ações Trabalhistas Fetrafi/RS
Moções aprovadas em eventos
 
 
Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras RS
Rua Cel. Fernando Machado nº 820
CEP 90010-320 - Bairro Centro Histórico - Porto Alegre, RS
Fone: (51) 3224-2000 | Fax (51) 3224-6706

Copyright © 2010 Fetrafi. Todos os direitos reservados.
 
Desenvolvimento IDEIAMAIS - Agregando Valor